terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Wonder Land - Pais W BC dos Paises de A a Z

Wonder land é uma ilha que fica do outro lado do mar, quem lá mora nao chora e passa o tempo a cantar!
Escondida de tudo e de todos por varios  grupos de arco-iris, que fazem em seu torno uma cerca de luz intensa mas tao transparente que quem olha para Wonder Land n ao consegue ver nada para alem do infinito mar azul.

Um dia, o meu barco perdeu-se, fui apanhada por uma tempestade onde parecia que o ceu se abria sobre a minha cabeça, senti o medo e o terror, achei que tinha chegado ao fim da linha, confesso que me lembrei do meu passado, foi quase como ver um filme que passa em camara lenta e os protagonistas somos nós mesmo, é esquisito ver a nossa vida assim. Mas foi o que aconteceu, resisti, e resisti, os raios e os relampagos repetiam-se fazendo do ceu que de repente se tornou da cor da noite, um dia mais claro que o proprio sol, mas ada vez que clareava era uma luz fantasmagorica que me arrepiava a alma... nao sei quanto tempo durou, perdi as forças e deixei-me ir ao fundo, de repente tudo ficou negro. 

Quando acordei, deitada numa rede presa a duas palmeiras vi em meu redor aves coloridas que davam gritos de alegria, que abriam as suas penas ao ar, ao sol, á brisa que corria . Ao longe uma musica celestial fe-se ouvir e eu lentamente levantei-me e fiquei sem folego... As areias eram mais brancas que a neve e mais finas que a farinha, as ondas perfeitas num mar calma e pacifico de aguas verdes cristalinas... Pensei que tinha morrido e Deus me conpemsou por uma morte tao dura levando-me diretamente ao paraiso... Mas eu estava viva, eu podia respirar, eu ouvia os sons da terra, sim, estava na terra, mas uma terra maravilha!
Olhando eu meu redor reparei que estava sozinha, mas... aquele lugar era habitado e os seus habitantes deveriam ter o maior orgulho nele, eu queria saber mais, tinha sede da descoberta, queria saber onde estava, mas ... de uma coisa eu tinha a certeza, dali eu nao queria sair nunca mais, tinha encontrado o meu ligar  no mundo. Nao sabia quem era, a minha lembrança era de algo muito mau, mas se para tras tinha deixado uma vida entao Deus havia-me dado a hipotese de recomeçar denovo. Coloquei um pé no chao e de seguida o outro, ergui-me e respirei profundamente... Senti que uma mao me tocava no ombro, assustei-me, mas ao mesmo tempo foi um susto muito bom, e quando lentamente me virei, dei de caras com os olhos mais azuis que algum dia havia visto em minha vida, azuis quase transparentes, uns olhos que eram o espelho da alma.
- Ola bela adormecida! - Disse ele
- Ola!... corei ao responder-lhe.
- Como te chamas?
- Serei Bela Adormecida?
- Nao, esta bela adormecida tem um nome...
- Pois, mas se tem um nome eu nao me lembro dele. O que me aconteceu?
- nao sei, encontramos-te na praia parecia que estavas morta, os teus sinais vitais quase que haviuam desaparecido por completo. Nao te lembras de nada?
- Só me lembro de um temporal, de estar perdida no mar e ... de tudo ficar negro, mais nada! Onde estou?
- Em Wonder Land!
- Wonder Land? Nunca ouvi falar!
- Pois nao, é um país que somente existe nos sonhos e quem o encontro nao volta para contar onde fica.
- Mas... Nao podem fazem de mim prisioneira contra a minha vontade!
- Anda, vou-te ,mostrar a ilha!
Esticou o braço e pegou na minha mao, levou-me com ele a passear pela ilha encantada, relva cuidada, flores que eu nunca havia visto, arvores com as mais diversas cores e fantasias, um reino que faria a alegria de qualquer criança e adulto, nuvens de algodao doce passeavam num ceu azul, eram brancas e cor de rosa, das arvores haviam nascentes dos mais diversos sumos que possamos querer, sumos naturais sem aditivos, que corriam alegremente formando pequenos rios multicoloridos. Havia as "Gomeiras" essas plantinhas maravilhosas que davam gomas de mil sabores e outras tantas cores, os cacaueiros estavam no alto de  uma montanha, por baixo existia um vulcao, mas um vulcao completamente diferente dos nossos, fervia a meio "gas".
Pela colina o chocolate ia-se derretendo como se fosse lava e vinha ter a um pequeno lago... um lago de chocolate, e aí começei a ver pessoas, pessoas lindas, pessoas com uns imensos olhos azuis, quase transparentes, pessoas que emanavam uma aura de ternura e de amizade, nesse lago havia quem fizesse massagens de chocolate, havia os mestres chocolateiros que todos os dias passavam horas a tentar encontrar novidades para agradar aos visitantes. Os parques infantis estavam cheios de crianças que felizes brincavam, e achei estranho porque nenhuma delas comia os doces que tinha á disposiçao. Como que lendo o meu pensamento Ele explicou-me:
- Aqui habitam pessoas que fazem o que gostam sabes, aqui todos somos felies, ser feliz é  a palavra de ordem, eu gosto de pintar e todos os dias tento fazer quadros com  as mais diversas cores para tornar a ilha ainda mais colorida, quem escreve encontra sempre a inspiraçao que precisa, pois basta olhar em seu redor e buscar o que de mais belo existe. E tu o que gostas de fazer?
- Eu? Gosto de ler, pintar, cozinhar, escrever e de rir, aiii, como eu gosto de rir, gosto de sentir esta felicidade que ha muito nao sentia.
- Nao conhecias a felicidade?
- Nao sei, se calhar conhecia, mas isto aqui parece-me tao diferente do que eu algum dia vivi, sim porque se eu algum dia tivesse vivido num sitio como este certamente jamais me iria esquecer!
 - Como te chamas bela adormecida?
- Nao sei! Nao tenho nome e posso ter todos os nomes!
Foram passando os dias, que viraram meses e o nome nunca mais aparecia, nao era dificil viver ali sem nome, mas, ser a unica habitante de Wonder Land sem nome fazia-me sentir muito estranha. Habituei-me ao verde, ao limpo, á pureza, ás aguas cristalinas e á companhia dele, aos passeios que dava todos os dias com ele, ás conversar que tinham os dois.
Um dia ele levou-a a um recanto da ilha que ela nunca havia conhecido, a beleza era total, milhares de flores multicoloridas formavam um tapete natural, para terem uma ideia, e quem ja foi á Holanda sabe do que falo, os tapetes eram formados por mil flores, de milhares de especies de milhares de cores, impossivel descrever qual a mais bonita, qual a que chamaria mais á atençao... Mas Ele escolheu uma, uma flor simples com o centro amarelo cor da gema de ovo e branca, apanhou-a e disse:
- Margarida, o teu nome será Margarida! 
Entregando a flor seus olhares se trocaram e nesse momento os seus labios se tocaram. Apaixounou-se perdidamente e nunca falou em sair dali.
Margarida casou-se com o seu belo e maravilhoso principe.
Hoje tem uma casinha colorida pequenina onde faz Margaridas para os habitantes de Wonder Land e todos os dias faz muitas porque eles gostam muito, e como ela poe muito amor e carinho na receita as bolachinhas tem um sabor especial o sabor do amor que ela ali encontrou.

MARGARIDAS DE MANTEIGA

*75 de manteiga
*100 gr de açucar
*1 gema
*1 colher de cha de essencia de baunilha
*125 gr de farinha
*1 pitada de sal

Desfaz-se a manteiga, que deve estar á temp ambiente, com a farinha até se obter uma farofa.
Adiciona-se a gema, o açucar a baunilha e o sal e envolve-se tudo muito bem até obtermos uma massa que dê para esticar com o rolo da massa.

Estica-se a massa com o rolo e corta-se flores com o cortador em forma de flor. Leva-se ao forno a 180º cerca de 20 minutos.

Entretanto eu preparei um glacê com:
*1 clara batida em castelo
*125 gr de açucar em pó
*umas gostas de limao
*Corantes em gel das cores preferidas.

Quando a clara ja estava em castelo adicionei algumas gotas de limao e o açucar em pó mexi bem até obter uma mistura bem brilhante.

Depois foi so repartir por varios recipientes e adicionar os corantes a gosto e enfeitar as Margaridas tb a gosto.



Sheilinha... A minha participaçao na letra W Espero que gostes, foi com muito carinho que fiz as Margaridas!

Ahhhh onde fica Wonder Land?

Wonder Land é uma ilha que fica do outro lado do mar, quem la mora nao chora e passa o tempo a cantar!!!!

Beijocas

Margarida

24 comentários:

Silvia disse...

Que bolachinhas tão decorativas e com um ar tão apetitoso :)
Bjs

Sofia Arcângelo disse...

A história ficou muito gira :)As bolachas ficaram lindas! Beijinhos

Cozinha de Mulher disse...

Minha amiga linda que riqueza de postagem..
Fechou com chave de ouro em amiga?
Que alegria saber que está aqui comigo no final dessa BC que bem sabes que surgiu diante de seus comentários e do seu incentivo rssr
És uma amiga por demais querida.. daquelas que chegam assim de mansinho e que encontra morada pra sempre em nossos corações..
Sabe o quanto sou fã das tuas histórias.. o quanto viajo contigo quando começo a ler seus contos..
Aliás o que me prendeu a esse blog maravilhoso a primeira vez que aqui coloquei os olhos foi essa sua imaginação maravilhosa.. que nos leva a viajar por um mundo de faz de conta que se torna real com suas palavras..
Eu queria muito estar em Wonder Land agora.. compartilhar dessa felicidade.. viver nesse paraíso onde não há lágrimas somente sorrisos..
Eita amiga que nossos países imaginários poderiam sair das nossas imaginações né? rsr

Obrigada mesmo de coração viu?
Por cada participação.. por cada minutinho que se dedicou a confecção de receitinhas que vieram acrescentar beleza e sabor a essa BC..
Sem vocês o sucesso dessa BC não seria possível!
Eu agradeço carinhosamente a cada uma de vocês que me acolheram assim tão gentilmente, fazendo minhas terças-feiras se tornarem tão lindas..

Amei as bolachinhas de margaridas.. estão um charme só..
Beijokas da maninha brasileira que te adora de montão!!

Catarina Sá - A Cozinha da Kinhas disse...

Que lindas margaridas! Tao perfeitas!

Beijinhos e obrigada pelo voto!

Guloso e Saudável disse...

Bom dia Margarida,
Que felicidade de ilha, pena que só existe nos sonhos...
Já estas lindas Margaridas existem mesmo, certamente decoram qualquer mesa espalhando cor e alegria.
Beijo,
Vânia

Elsa disse...

Que lindas e saborosas margaridas.
Quando passas em Midões?
Beijocas

Histórias e Aromas disse...

:) Lindo!!!
Eu tb gostava de viver nesse paraíso!
As margaridas ficaram maravilhosas!!!
Beijinho!
Cláudia

Rosinha Benvenga e Teresinha Putrini Bortolotto disse...

oi Margarida,quero também morar nessa ilha,e os biscoitos estão lindos bjs Rosinha

Andréa disse...

Olá minha amiga, vim tomar o café da manhã com vc, hehehe!
Vou morar nessa ilha, legal demais!
Suas bolachas ficaram lindas, parabéns pela receita e pela postagem!

Beijão!

marijose disse...

Unas preciosas margaritas echas por otra linda Margarita, te quedaron chulisimas, enhorabuena¡¡¡, besos

luci disse...

Que lindo eu quero conhecer esse lugar maravilhoso
Que delícia essas margaridas de manteiga
Parabéns pelo post ficou lindo
beijos

Prata da casa disse...

Olá Margarida: quem me dera ser habitante da tua Wonderland,só para poder comer as tuas lindíssimas margaridas.Linda história.
Tenho um miminho lá no meu blog para ti. Por favor ,fica à vontade para o aceitares ou não.
Bj
Márcia

São Ribeiro disse...

Ficaram lindas ,só eu é que não paciência para decorar bolachas.
bjs

M. disse...

Margarida querida, sempre contos maravilhosos de encantar!!! E umas margaridas de manteiga impossíveis de perfeitas!!!
Beijinhos, bom serão!
Madalena

pedra de sal disse...

Que história de encantar... E que margaridas deliciosas! Parabéns! Adorei!

marijose disse...

Hola amiga contesto a tu pregunta sobre las gulas, no son un pescado sino un preparado parecido a los palitos de cangrejo o surimi, pero estos imitan a las angulas o ameixon como le decimos en Galicia, los venden envasados en bandejitas en la seccion de congelados de los supermecados, un beso

belinha disse...

Ficaram tão bonitas as tuas margaridas...
Beijinhos
Belinha
Mundo das Receitas
http://mundodasreceitas.blogspot.pt

Léia disse...

Oi Margarida, ficou lindo e criativo seu post.E estas margaridas ficaram lindissimas.Parabéns querida.Beijos.

Brisa Maritima disse...

Ah, querida Margarida !
Que linda história de encantar nessa fantástica terra, a Wonderland !
Podemos ir para lá morar ? Sim ? Quero...
Pena o Mundo não ser feito de locais assim tão pacíficos e maravilhoso !

Mais uma bela participação, amiga, adorei o teu conto e adorei as tuas fabulosas Margaridas de manteiga que ficaram lindamente decoradas e decerto deliciosas !

Um beijinho bem grande para ti ! :)

Isabel
www.blogdochocolate.com
http://brisa-maritima.blogspot.pt

Marta Bernardes disse...

Bom dia Margarida vim conhecer seu lindo blog e me encantei, que palavras lindas você escreve!
E essas margaridas além de deliciosas são lindas, parabéns.
bjs

Sandra Batista disse...

Olá Margarida
Há muito tempo que não visitava este teu cantinho...
Fiquei "presa" à história maravilhosa que escreveste, estava a ler as tuas palavras e a minha alma transportou-se para a maravilhosa ilha Wonder Land...fiquei a imaginar o longo e extenso caminho coberto de flores, como se fosse um tapete...obrigada por este momento que me proporcionaste amiga. Parabéns, és uma excelente escritora e com uma imaginação maravilhosa!
Beijinho

Ana Claudia disse...

Maninha querida, que linda postagem, fechou com chave de ouro... vc mudou o layout do blog... gostei... Estou melhor sim... o médico quer me ver amanhã de novo...
beijinhossss....

Josy disse...

Que delicia de postagem Margarida. Me fez tão bem nesse momento e vc sabe por que. Como gostaria de me transportar pra esse lugar maravilhoso onde a felicidade só existe. Adorei este conto, vc tem uma imaginação linda, sabia que um dia eles iriam se apaixonar, e que lindo nome ele deu a ela não é? heheh. Adorei suas margaridinhas, lindas de morrer. Deliciosas
Caprichosas e delicadas como seu coração. Amei. Grande beijo

Anónimo disse...

I constantly spent my half an hour to read this webpage's articles everyday along with a cup of coffee.

my website - creative group