terça-feira, 10 de julho de 2012

Entrada Vegan/ Strudel ou Apfelstrudel


Bom dia, bom dia gente linda, isto hoje vai ser um post do tamanho XXXXXXXL, pois sao logo dois eventos no mesmo dia!!!!

O primeiro é a entrada para o Aniversario da Cris lá do "Salpicos Doces" que eu tenho o maior prazer em participar, se nao conhecem façam o favor de ir lá tem comida deliciosa e a Cris (embora eu nao a conheça pessoalmente) é uma simpatia!!!

O segundo é para a Blogagem: Sabores de A a Z, da Sheila do "Cozinha de mulher", que eu nao podia deixar tb de participar, ate porque a responsavel por lhe aborrecer o juizo fui euzinha eheheheheh!! Que??? nao conhecem o cantinho da Sheila??? gente vcs nao sabem o que estao perdendo, é uma querida, super simpatica e de bem com a vida... Adoro passar lá no cantinho dela,....


Cris, eu espero que gostes da Entrada que te vou propor... estava sem saber o que fazer pois depois de um final de semana de barriga encostada ao fogao, mas fui ao frigorifico e deparei-me com uma embalagem de massa filo, e olha... é uma entrada que se prepara em pouco mais de 20 minutos, no maximo dos maximos meia hora... E tb porque aproveito para gastar os produtos do quintal que tenho ca por casa!!

Bora lá preparar uma trouxinha vegan que ficou uma delicia que só!!


* folhas de massa filo
* 1/2 courguette (abobrinha verde)
*5 cornichons ou pepinos de Paris
*1 cenoura
*1 lata de rebentos de bambu
*rucula a gosto
*1/2 pacote de sopa de cebola
*1 pacote de natas de soja
*Ramo de cheiro verde a gosto


Na wok colocamos todos os vegetais a cenoura e a courguette raladas finamente, e deixamos que fervam cerca de 10 minutos em lume brando com a wok tapada. Dissolvemos a sopa de cebola nas natas e adicionamos o cheiro verde bem picadinho, mexemos bem e colocamos junto dos legumes, deixamos ferver mais ou menos 5-7 minutos.

Na mesa dobramos a massa filo em dois e colocamos colheradas do preparado no centro, fechamos fazendo trouxinhas e prendemos com um pouco de folha de alho frances ou póro.

Levamos ao forno pre aquecido a 200º ate a massa ficar douradinha.

Depois??? Depois é só servir!!!!

Cris, espero que gostes, foi feita á pressao, mas tb sabes o motivo, foi a correria em que andei no final de semana, mas digo-te, mesmo feita á pressao aqui em casa adoraram!!!!

_______________________________________,,_______________________________________



Blogagem coletiva- "Cozinha de Mulher" Sabores do A ao Z

Artística e monumental, Viena, capital da 

Áustria, é apenas um dos muitos locais 

fascinantes de um país localizado no 

coração da Europa. Do esplendor de 

Salzburgo - berço de Mozart -, à simpatia da 

pequena Linz, da beleza de Innsbruck ao 

ambiente cultural de Graz, das montanhas 

dos Alpes aos vales do Tirol, a Áustria é um 

pais para viagens e short-breaks em todas 

as estações do ano.

Cidade por mim eleita pelo seu simbolismo, 

pela sua historia, pelo seu passado, pela sua 

beleza, pudesse eu voar para lá sempre que 

preciso de calma e paz nao minha vida, 

revigorava as minhas forças e viria com mais 

vontade de encarar as adversidades do dia a 

dia.


Um pouco da historia da capital deste belo país Austria, Sissi uma jovem imperatriz que 

lutou pelo seu amor, mesmo entrando 

tantas vezes em guerra com a mae do 


seu esposo, uma jovem Hungara que nunca 

renunciou ás suas origens(os filmes que me 

fizeram sonhar em pequena e me fizeram a 

todo o custo querer conhecer esta cidade), 

valsas, Mozart e fatias de bolo em serviço de 

porcelana? Sim, mas também 60 mil metros 

quadrados de arte contemporânea, um 

índice paranormal de lojas, cafés e 

restaurantes de autor, boa arquitectura e

 bom espaço público. Viena já não é só uma 

cidade do século XIX, há uma Viena cool do 

século XXI. 


A cada dia da semana podemos explorar algo novo:

Segunda-feira à noite e dezenas de 

pessoas no Österreicher im MAK, o 

novo restaurante de comida 

austríaca, mas em estilo (sim, é 

possível ter estilo a fritar panados de 

porco), do Museu de Artes Aplicadas - e 

a seguir margaritas no bar vermelho do 

Volkstheater.


 Terça-feira às dez da manhã e centenas 

de pessoas (incluindo alguns ministros) 

a ver os novos realistas chineses (Z

hang Xiaogang e Yue Minjun, terceiro e quinto no 

ranking dos artistas que mais vendem 

no mundo, incluídos) no Mumok, o 

museu de arte contemporânea de Viena 

- e a seguir compras na primeira 

embaixada lomográfica do mundo.


Quarta-feira de madrugada e milhares 

de pessoas na festa Crazy do Flex, a 

maior discoteca da cidade (uma 

gigantesca galeria do metro 

desactivada) e um daqueles sítios em 

que Viena parece que é mas não é 

Berlim - e antes a cena indie do 

Chelsea, o novo jazz do Café Leopold e 

os midnight movies do Schikaneder.


Quinta-feira ao almoço e mesa cheia no 

Schon Schön (só há uma mesa, quem 

chega senta-se ao lado de quem já 

estiver a comer), restaurante-loja-

cabeleireiro-bar quatro em um - e 

depois fim de tarde no Phil, onde se 

pode tomar café, folhear livros, ver um 

filme independente e comprar móveis e 

candeeiros em segunda mão.

Tanto, mas tanto havia para falar desta 

bela cidade, deste belo país, do rio que 

banha Viena e que atravessa 4 capitais, 

o Danibio





E claro, vou trazer-vos um bolo tipico deste país oriundo da cidade de Viena. nao pode faltar nos cafés da tarde ou coloniais.
É preparado em alguns sitios com massa folhada, noutros com massa filo.

Bora lá até á cozinha  que eu vou ensinar-vos a preparar um  Strudel ou como se diz em bom Austriaco "Apfelstrudel"


* Massa Filo:

*600 gr de farinha de trigo
*300 ml de agua morna
*2 ovos
120 gr de manteiga ou margarina com sal

Mistura-se o trigo e a margarina ate formar uma farofa, adiciona-se os ovos e de seguida a agua morna, mistura-se e sova-se bem, esta massa, quanto mais sovada for mais maleavel se torna. tapa-se com um pano humido e deixa-se descansar pelo menos 1h.

Salpica-se com um pouco de farinha a mesa de trabalho e inicialmente começamos a abrir a massa com o rolo. quando ela se começa a tornar rasgavel, começa-se a trabalhar com as palmas da mao, em movimentos suaves e sempre do interior para fora. A massa está pronta quando começar a ficar transparente.

Bora lá rechear o Strudel:


*3 kg de maças verdes, descascadas e cortadas em cubos
*250 gr de açucar
*220 gr de uvas passas
*100ml de curaçau ou amaretto
*120 gr de pao ralado (farinha de rosca)

Hidratam-se as uvas no licor cerca de meia hora.

Juntam-se as maçãs, as uvas hidratadas, o açucar e a farinha de rosca (nota - eu costumo colocar um pouquinho tb de canela), mexe-se bem ate obtermos uma pasta humida e nao muito grossa.

Eu coloquei 4 folhas de massa filo rectangulares mais  ou menos 20x30cm, sobrepostas e espalhei o recheio por elas, enrolei como se fosse uma torta (rocambole) e levei ao forno pré aquecido a 180º cerca de 20 minutos ou ate estar dourado por cima, se quiserem podem dissolver 2 gemas num pouco de natas e pincelar o strudel antes de ir ao forno.

Quando cozido, retira-se e polvilha-se com açucar de confeiteiro e canela em pó a gosto.

Em casos mais requintados, podem servir acompanhado de uma bola de gelado de baunilha ou mesmo com chantilly!!!


E esta foi a minha participaçao... o pais escolhido como ja sabem foi a Austria, vale a pena conhecer, é uma cidade lindissima, cheia de cultura, arte e um passado de explendor!!!

Espero que a Cris e a Sheila tenham gostado, e todas vcs tb!!!

Beijocas



19 comentários:

Felismina disse...

Amiga mesmo xxxxxxl!
É claro que vão gostar, são duas deliciosas sugestões.

Bjs

Cris disse...

Olá!!!!!! Antes de mais muito obrigada pela referênia :) E claro que adorei a tua entrada!!! Massa filo é sempre bem vinda lá em casa, inda para mais com legumes ... mhammmmmm :))

Beijinho grande e boa sorte ;)

Cozinha de Mulher disse...

Minha amiga Margarida que coisa mais linda...
Nossa!! To aqui toda boba... rsrsrs
Delícia de receita e ainda mais com toda essa história..
Gente!! Que rico..
Não tenho palavras para descrever o que eu estou sentindo agora..
Desculpe mas eu sou assim mesmo toda boba viu? rsrsrsrs
Beijo e que seu dia seja lindo.. lindo!!
Sheila

Guloso e Saudável disse...

Olá Margarida,
Ótimo texto e ótima entrada vega, gostei muito, certamente é uma receita saudável e deliciosa.
Beijo,
Vânia

Fofura de Cupcake & Cia disse...

Hey Margarida! Que delícia em?!
Acredita que também fiz strudel?! KK. só que o meu é de banana, chocolate e queijo :9
Beijinhos, e uma ótima semana *-*

luci disse...

Eu adorei Margarida ,todas as receitas deliciosas beijos

Andréa disse...

QUERIDA MARGARIDA,
PARABÉNS PELA BELÍSSIMA PARTICIPAÇÃO, POST ESCLARECEDOR E CHEIO DE DELÍCIAS, PERFEITO!
O MEU BLOG ATUALIZA EM ALGUNS BLOGS E EM OUTROS NÃO AS VEZES FICA ASSIM LOUQUINHO, RSRS.
ENTÃO VC FEZ A PIZZA E O ROCAMBOLE?
QUE BOM!
FICO FELIZ QUE VCS GOSTARAM E QUE DEU TUDO CERTO!
VC É UMA PESSOA LINDA DE BOM CORAÇÃO, GOSTO MUITO DE VC!
BJS

Papinha Doce disse...

Fizeste dois em um, mas são os dois deliciosos.
Mas culinárias à parte adorei este teu gatinho virtual da tua assinatura.
Beijinho

belinha disse...

Gostei da Apfelstrudel.
Vou levar a receita
Beijinhos
Belinha
Mundo das Receitas
http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

Érica disse...

Ótimas receitas, tenho certeza que ficaram deliciosas.
bjs

Fê Dayrell disse...

Margarida os motivos justificam este poste XXXXXL, rss.
Olha amei as trouxinhas vegan de entrada, o recheio me deixou com água na boca, vou fazer em casa com toda certeza.
Gosto muito de strudel, mas acho difícil de fazer, vc fez parecer tão fácil.
bjo

Sofia.Lopez disse...

Olá Margarida,
Gostei muito das 2 participações! A 1ª é mesmo a meu gosto, legumes em massa filó hmmmm delicia!
A 2ª, gostei muito de conhecer mais um pouco sobre Viena, uma cidade que também gostava de visitar pessoalmente.
Esse Strudel devia estar mesmo muito bom!
Beijinhos

Romy Almeida disse...

Muito boa a tua participação :)
De vez em quando também gosto bastante de experimentar comidas vegetarianas... só tenho pena é de ser só eu a comer :(

Bjokas e boa sorte

Lenita disse...

Ufa!Quantos desafios, você não pára!
Tudo deliciosos, como sempre!
Adoro a massa filo, é tão boa e fácil de trabalhar.
Doce e salgada, é muito versátil!
Bjs

Ana Claudia disse...

Amiga, quanta coisa gostosa, o que é isso. adorei!
Tudo coisas que gosto muito. Não conheço a Europa, mas a Áustria seria um dos países que gostaria de visitar!
Beijuuusssss
Ana Claudia

Moranguetes disse...

Adorei, Margarida !
Beijinhos.

Josy disse...

Poxa minha amiga onde voce acha tanta disposição, depois de uma linda festa que fizestes, ainda veio com essas duas delicias, e duas ótimas participações. A primeira está bem ao meu gosto, onde tem abobrinhas já me conquista, a segunda, além de conhecer mais um pouco de Viena e sua sobremesa principal, viestes com um belo Strudel, adoro essa sobremesa. Parabéns minha amiga, pelas duas receitas e por sua dedicação em suas participações. Grande beijo

anapaulaml disse...

Olá

Adoro esta sobremesa e a tua está fantástica. Falam em massa filó e eu derreto, adoro!

beijinhos

Chocolate na Cozinha disse...

Margarida, que delícia!!!!!!!

bjs,

Verônica