sábado, 21 de abril de 2012

BC as cores do arco iris -Branco




Branco...
Branco sao as nuvens no ceu a dançar
Branco
É a cor do vestido
da noiva no altar
Branco é a cor do algodao
a brancura da minha mao
quando aperta a castanha do meu irmao
Branco 
é a cor
do amor
branco é saudade
inocência
amizade
essencia
branco é viver
querer
ser
ter
branco é a cor da folha
da historia da nossa vida
umas vezes perdida
outras vivida 
com grande intensidade
Branco memorias sao
de pessoas que ja nao estao
mas...aqui no coraçao
o branco será a estaçao
que elas nunca deixarao
Branco é o açucar
a farinha
as claras em castelo
as penas da galinha
o laço, o nosso elo
Branco... sou eu
és tu, é ele, é ela
somos nós 
quando gritamos
a vida a bela
quando pegamos no pincel 
e mil sorrisos vamos pintar
mil palavras desenhar
branco é amar... amar 
amar sem condiçoes
imposiçoes
rejeiçoes
Branco pode ser..
 sujo,  perola
creme
cor da neve ao cair
embora fria, nos faz sorrir
Branco...
é uma cor
para mim o branco é...
tao simples...
o Amor!!!!


E vou deixar-vos a receita de uns argolinhas que me fazem lembrar a minha infancia, banhadas em açucar que no fim de seco se torna branco:

Beijinhos

Bora lá para a cozinha fazer beijinhos!!! Nao esqueçam do avental



Bora lá á despensa buscar:

250 gr de farinha


2 colheres de sopa de manteiga



1 ovo



glacê branco q.b.



Bora lá meter as maos na massa:


Amasse a farinha com o ovo e a manteiga, ate ficarem bem ligadas.



Faça pequenas argolinhas.



Leve a cozer em forno pre aquecido a 200º cerca de 15-20 minutos ou ate estarem douradinhas.



Retire e deixe arrefecer.



Entretanto prepare um glacê com 250 gr de açucar e 0,5dl de agua, deixe o açucar atingir o ponto espadana. 



Retire do lume e bata fortemente. 



Mergulhe as arolinhas no glacê e deixe secar em papel vegetal ao ar.


( Peço desculpa pelas minhas nao ficarem brancas brancas e sim perola... mas deixei passar o ponto do açucar e quando secaram ficaram perola)



As casas brancas alentejanas
a catutua da sua infancia
as ondas do mar ao rebentarem
a serra cheia de neve
a transparencia
e uns bolinhos de coco sensacionais
visitem o linck

Uma ilha flutuante
um mar de creme de maisena
areia de açucar
arvores de suspiro
casas de pudim de coco
visitem o linck

Pureza, proteçao, conforto
Paz e o amor de Deus
bondade, alegria e amizade
calma e luz
e duas deliciosas receitas
visitem o linck
Romy

Branco é a cor dos cabelos 
dos que amam incondicionalmente
é ternura, vivencia
humildade
Esperança
visitem o linck
Ana Vieira


Pessoas especiais,
umas presentes
outras ja ausentes
valores transmitidos
transmissão de valores
serenidade e saudade
visitem o linck
Goreti

Branco
Pureza, paz e conforte...
espreitem o linck
Felismina


Branco é tranquilidade
paz, liberdade
Branco é cor da neve
Branco e chantilly
açucar em po
merengue
vejam o linck:
Telma

Paz, pureza,  inocencia crianças
Primeira comunhaqs, cameliias,Margarida (lol) noivas
neve, algodao doce
infancia
Paz... Paz e harmonia espiritual
visitem o linck:
Josy

Branco é assim:
Simples, puro sereno
a junçao de todas as cores
transmite-me calma e paz
visitem o linck:
Cris

Branco lembra:
queijo-fresco
requeijao
cheasecake
e o rol continua
visitem o linck:
Maria

Paz, tranquilidade, a cor da pureza
se quisermos da inocencia
uma cor que eu gosto de usar
nos dias mais quentes de verao

SONETO BRANCO
queria o meu soneto da cor branca
todo branco, que nunca fosse negro,
pois o negro é profundo, cheio de ecos
e coisas das quais só se sente o cheiro.
O branco não. O branco é superfície
e silêncio, o suspense de um relâmpago
retido na espessura de um espelho.
Branco é a cor das coisas sem conceito.
Não o branco solúvel, cor de gelo,
nem o branco volátil, cor de espuma,
ou o branco dourado do ouro branco;
quero um branco absoluto, branco abstrato,
o mais puro, o mais claro — mas sem brilho:
quadrado branco sobre fundo branco.

Autor do blog Breviário.org
Visitem o linck:

Branco é uma cor pura, linda, limpa
simboliza a paz e muito mais
visite3m o linck:
Belinha


Sabor e sensibilidade
acucar e afecto
num pequeno pedaço de ternura
visitem o linck:

15 comentários:

Josy disse...

Margarida minha poetisa, que lindo poema,muito bem representado pela cor branca, e é exatamente tud o que penso, lindo poema, linda idéia com os poeminhas indicando cada uma das participantes. Adorei o carinho. Obrigada,
Quanto aos seus biscoitinhos, não importa que ficaram pérolas, faz parte do branco também. Gostei muito da receita, ainda mais sabendo que eles foram mergulhados no glacê...hummm delicia. Beijos querida aguardando sua resposta

Mónica Silva disse...

Margarida tão lindas estas argolinhas, nao conhecia.

Beijinho

Romy Almeida disse...

Margarida... as tuas argolinhas devem ser uma delicia!!
Adorei a receita e vou levar :)

Bjoaks doces***

Cris disse...

Aqui fica o link para a minha blogagem colectiva das cores do arco-íris :
http://salpicosdoces.blogspot.pt/2012/04/blogagem-colectiva-das-cores-do-arco.html

:) beijinho !

marcela disse...

"branco é a cor da folha
da historia da nossa vida
umas vezes perdida
outras vivida "
Lindo demais!!!
bjos

tila disse...

Que lindos os teus beijinhos.
Bom fim de semana
Bjkas

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

http://receitinhasdabelinhagulosa.blogspot.pt/2012/04/semifrio-invertido-dia-branco.html

aqui está amiga, e desculpa mas a minha cabeça está em branco de tanto cansaço...bjokitaas

telmiii-ta' disse...

Que lindas argilinhas, mas o poema...Huiiii acho que tens ai um talento escondido. Ja pensaste escrever um livro de poesia? Escreves super bem. Parabens. beijinhos

Lina disse...

Olá, Margarida!Que lindo poema!Devias escrever um livro com os teus poemas!Olha, nunca vi um livro de poesia e culinária, pode ser uma ideia...Adorei as argolinhas, devem ser deliciosas, estes doces tradicionais sempre são!Criativa(e trabalhosa!)a forma como apresentas as nossas participações, indo buscar um trecho do nosso texto!És uma querida!Estou adorando participar, qual cor será que a Josy vai escolher?Estou curiosa! Agora vou ver com calma as participações, que o dia hoje foi super corrido!Apetece-me agora relaxar numa banheira de espuma branca, ih, ih!
Beijinhos e bom domingo!

Felismina disse...

Que delicia e com um chá melhor ainda!

Bjs :)

Cris disse...

Que delicia Margarida :) vou trazer a receita cmg !
Bjinho grande !

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

UMA BELA BLOGAGEM COLETIVA MUITAS DELICIAS BRANCAS ADOREI TODAS!
PARABÉNS!
BEIJO

As Receitas da Selene disse...

Delicioso.

Este desafio está a ser lindo!

Bjs

Belocas disse...

Umas argolinhas deliciosas para uma chazinho.
E como eu esperava uma deliciosa blogagem coletiva onde o limite é a criatividade de todas nós.
Bjs e boa semana

RUTE disse...

Para mim, branco é pureza e paz.
Gostei muito das tuas argolinhas.
Adorei a ideia de delegares a escolha da cor a uma participante por mês.
Beijinhos.
Rute